O relato de Maristela

Meu nome é Maristela. Sou completamente cega. Nasci em Santa Rita do Sapucaí (Sul de Minas). Lá, estudei em escolas comuns. Quando concluí o Magistério, vim para Belo Horizonte à procura de trabalho. Meu sonho sempre foi conseguir um bom emprego, que me tornasse independente. Com alguma dificuldade, consegui uma vaga na Associação de Cegos Louis Braille, onde morei por mais de nove anos.

Lá, encontrei um apoio muito grande, não só dos dirigentes da associação, como também das internas e dos funcionários, o que me fez sentir mais segura para tentar vários concursos e aprender muitas outras coisas: como convivência, trabalhos domésticos etc.

Com o falecimento do Presidente Luiz Geraldo fui eleita Presidente e coordenei os trabalhos da casa por 4 anos. Atualmente sou membro do Conselho Consultivo. Assim que consegui um trabalho estável, comprei uma casa e logo me mudei. Hoje não moro na associação, más, sempre que possível, procuro dar apoio a esta instituição, à qual serei eternamente grata. Esta entidade auxilia as pessoas com deficiência visual a crescerem, proporcionando-lhes oportunidades de aprendizagem, cultura e lazer. É muito importante que todos saibam a grandiosidade dos benefícios prestados pela Associação Louis Braille às pessoas com deficiência visual, para que continuem a colaborar com ela, colaboração essa, que é de vital importância para mantê-la sempre viva e cumprindo a sua missão, que é ajudar as pessoas cegas a se integrarem plenamente à sociedade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s